13 novembro, 2018

Como gerenciar o receituário agrícola?

O receituário agronômico trata-se de uma orientação técnica sobre o uso de agrotóxicos para os agricultores. Esse material é fornecido por um profissional habilitado que compreende os riscos e agressões que os produtos agrícolas carregam.

Fazer um gerenciamento completo para o receituário pode dar mais praticidade ao processo. Além disso, a automatização da ação, se adotada, também auxilia o agrônomo em suas atividades.

 

Sobre o receituário agrícola

 

Para emissão do receituário agronômico, é necessário levar em consideração alguns conceitos básicos. Existe uma exigência de forma legal para prévia prescrição da receita. Isso tem como meta evitar a aplicação de agrotóxicos e, por conseguinte, garantir a utilização correta do mesmo. Além disso, outro ponto a ser considerado refere-se ao agricultor, pois não cabe a ele decidir qual agrotóxico aplicar e nem quando. Também, outra consideração é sobre a receita, que só se justifica se a participação do profissional for confirmada e efetiva.

 

Características do sistema

 

  • Como no transporte de Agrotóxicos é obrigatório o acompanhamento da Nota Fiscal em conjunto com o Receituário, o sistema da Teorema realiza o vínculo destes. Dessa forma, ao emitir a nota fiscal do agrotóxico, a receita é juntamente impressa. Até mesmo, contendo número da nota fiscal impresso no respectivo receituário.
  • O item e a operação são configuráveis para que as movimentações sejam realizadas com a menor possibilidade de erro.
  • Ao considerar o agrotóxico, o sistema filtra as possibilidades de cultura pelo usuário e na sequência permite a identificação do diagnóstico.
  • O sistema consulta o servidor de agrotóxicos no instante da emissão. Dessa forma,  consegue completar as informações de recomendação de uso, modalidade de aplicação e equipamentos de forma atualizada. Estas são impressas no Receituário em conjunto com a dose de aplicação, a toxidade, o intervalo de segurança e a época de aplicação.
  • Cadastro de Agrônomos com CPF e CREA (Profissional habilitado a emitir receituário agronômico).
  • Possui o controle do número de receitas da ART em uso.
  • O sistema considera Fatores de conversão para controlar as quantidades e seleção de lotes para rastreamento do produto.

 

Manter um controle com dados importantes pode fazer a diferença no agronegócio, além de trazer mais praticidade aos envolvidos. Por isso, clique aqui e entre em contato agora mesmo para solicitar um orçamento e obter mais informações sobre nosso sistema de receituário agrícola.

Voltar
Receba os melhores conteúdos e novidades!